Os transtornos ansiosos na infância e adolescência preocupam a Sociedade Brasileira de Pediatria, e encontram-se entre as condições psiquiátricas mais comuns.

Pois, cerca de 10 a 15% das crianças em algum momento durante a infância experimentam um transtorno de ansiedade e têm maior risco de depressão e ansiedade na vida adulta.

Sendo assim, os medos na infância causam, dentre os fatores de risco para a depressão em pediatria, pode-se citar:

  • Problemas emocionais durante a gestação;
  • Vivências com separações;
  • Depressão materna;
  • Estresse tóxico na infância;
  • Agressões físicas;
  • Quantidade insuficiente de horas de sono pela faixa etária;
  • Oportunidades e brincadeiras ao ar livre, na natureza, limitadas.
  • Outro fato é a redução do tempo de presença dos pais;
  • O cyberbullying: com uso de internet e equipamentos eletrônicos estão surgindo este desencadeante: exposição excessiva às telas, como televisão e celulares; conteúdos inadequados ou violentos (através de games e filmes).

Portanto, continue com a leitura e saiba o que acontece quando alguma criança possui este tipo de medo e quais as formas de se realizar o tratamento. Boa leitura!

A Microfisioterapia pode lhe ajudar no tratamento de traumas na infância! Agende agora sua consulta…

A Microfisioterapia pode lhe ajudar no tratamento de traumas na infância! Agende agora sua consulta…

Sintomas dos medos na infância

Dessa forma, os medos da infância podem ocasionar muitos sintomas nas crianças e adolescentes. Contudo, no geral, os principais sintomas ocasionados são os seguintes:

  • Sentimento de culpa ou baixa autoestima;
  • Dificuldade de tomar decisões;
  • Sonolência excessiva,
  • Sono irregular e não reparador,
  • Humor deprimido,
  • Desinteresse pelas atividades habituais e por brincadeiras;
  • Redução da energia,
  • Aparecimento de irritabilidade;
  • Dificuldade de concentração;
  • Alterações do apetite;
  • Perda ou ganho de peso;
  • Agitação psicomotora ou lentidão;
  • Pensamentos suicidas.

Contudo, quando os medos na infância ocorrem em crianças nas quais tem idade abaixo de 12 anos, é muito comum isso se manifestar de outras formas, dentre elas, temos as seguintes queixas somáticas, veja abaixo:

  • Dor de “barriga”;
  • Dor de cabeça;
  • Náuseas;
  • Dores nas pernas;
  • Choro fácil;
  • Roer unhas;
  • Recusa em ir à escola;
  • Comportamento opositor.

Sendo assim, infelizmente, algum grau de ansiedade é um aspecto normal do desenvolvimento de medos na infância. Portanto, veja abaixo as causas mais comuns:

  • A maioria das crianças pequenas revelam algum medo ao se separarem das mães, especialmente em ambientes não familiares;
  • Entre os 3 e 4 anos, é comum os medos do escuro, de monstros, de aranhas;
  • A criança quando tímida reage com medo ou afastando-se;
  • Nas crianças maiores, os medos mais comuns são de agressão ou de morte, sua ou de pessoas próximas;
  • As crianças maiores e os adolescentes frequentemente ficam ansiosos quando precisam apresentar um livro diante de seus colegas.

Dessa forma, os medos, assim como o prazer, são essenciais em nossa riqueza emocional como seres vivos, contudo é importante saber quando os medos na infância podem estar deixando sequelas para a vida inteira de uma criança.
traumas na infancia

O Tratamento

Primeiramente, o tratamento médico eficaz dos medos na infância requer a combinação de várias intervenções, como a terapia cognitivo-comportamental, a familiar, e frequentemente a medicamentosa. Portanto, aplicar no dia a dia da criança brincadeiras e atividades prazerosas torna o processo de cura dos medos na infância mais rápidos e efetivos.

Dessa forma, quando sou procurado por uma família que observa esses sintomas em seu filho, posso assegurar que a lista de técnicas nas quais eu atuo podem ser aplicadas com repercussões positivas. Sendo assim, pode-se eleger de acordo com a idade dessa criança ou adolescente e seu grau de entendimento, entre a Microfisioterapia, Nova Medicina Germânica ou Constelações Estruturais diante da maior eficiência e eficácia.

Portanto, seja diante de transtorno de ansiedade, timidez, nervosismo ao apresentar trabalho na escola, algum posicionamento em seu território, medos de monstros ou tempestades, os resultados do tratamento de medos na infância são bastante significativos, além de serem recomendados pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

A Microfisioterapia pode lhe ajudar no tratamento de traumas na infância! Agende agora sua consulta…

Fique a vontade para avaliar:

Classificação média 5 / 5. Votos: 1

Ainda não há avaliação. Seja o primeiro!

Iniciar Conversa
1
Estou online! É só chamar!
Está com dúvidas ou quer agendar uma consulta? Pode me chamar no Whats!